Porno Gostoso Deliciosa Gatinha Deixando Meter A Rola Com O Amigo Rio De Janeiro – Rj

9 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

9 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Porno Gostoso Deliciosa Gatinha Deixando Meter A Rola Com O Amigo Rio De Janeiro – Rj

Porno Gostoso Deliciosa Gatinha Deixando Meter A Rola Com O Amigo Rio De Janeiro – Rj

Disse que não mentiria, que estava mesmo vendo pornografia e se masturbando, disse que era humana e que era uma mulher normal, com desejo, mas que recorria aquilo para não expor a família e porque não queria se envolver com ninguém, que era a única forma segura dela se satisfazer para não ficar doente, me disse que sexo era saudável e que deveríamos ver aquilo como natural porque todo mundo se masturba e de novo perguntou se eu me masturbava e disse que desde que meu pai morreu ela nunca mais esteve com um homem e o primeiro pênis ao vivo que ela havia visto neste tempo era o meu e me pediu para não contar porque não havia nada demais e me perguntou se eu também via pornografia, e eu, calado, fiz sinal com a cabeça que sim e ela me perguntou se era tão grave assim e eu falei pela primeira vez depois de surpreendê-la, dizendo que no meu caso era normal e no dela não porque ela era minha mãe, mas ela disse que no caso dela era muito mais normal, porque ela tinha vida sexual ativa e eu era virgem.

Entrei e fui direto para o banho, quando sai de pijama ele perguntou porque estava vestido, a casa era só de macho e que lá homem não poderia estar arrumado, me virei e arriei o pijama mostrando para ele minha bunda branca, onde recebi um taba gostoso e um apertão, quando me levantei, ele me abraçou por trás e pude sentir seu pau latejando nas minhas nádegas, abri um pouco a perna e deixei ele crescer por entre minhas coxas, que sensação deliciosa, ele apertava meus peitos e beijava minha nuca, estava com a barba para fazer e ficava arrastando ela nas minhas costas, deixando-me todo arrepiado, eu empinava a bunda para sentir seus pentelhos no reguinho, ele colocou a mão na minha bunda e arregaçou, fazendo seu pau passear pelo meu rego e parava com sua cabeçona na entrada do meu cú, perguntei se ele gostava de dar linguadas no rabo e sua resposta foi um NÃO bem alto, ficou um bom tempo roçando seu volume no meu rego e depois pediu para eu chupar seu pau, pois queria gozar pois não estava aguentando, perguntei se ele queria gozar na boca ou no meu rabo? Ele perguntou se eu aguentaria sua pica no rabo, falei que tínhamos a noite toda para tentar, ele ficou mais ainda tesudo, iniciei uma mamada bem devagar e fui lambendo seu mastro, com muito carinho, ele se sentou e eu chupava, chupava, lambia suas bolas e depois tentava sentar no seu mastro, ele foi ficando cada lambida mais tremulo e dizendo que iria gozar, dei uma parada e fiquei olhando para seu pau pulsar e suas veias estufarem, coloquei uma camisinha e fui sentar no seu colo, tentei relaxar para sua pica entrar mas era em vão, fiquei de quatro com o cú virado para ele e pedi para ele tentar meter assim, ele falou que esta era a posição mais gotosa que ele achava e que sua patroa não gostava de dar pra ele assim, ele segurou minha bunda e foi tentando meter no meu rabo, relaxei e deixei ele invadir meu cú do modo que ele ia conduzindo, foi uma dor que eu suportei por amor aquela pica, antes de entrar tudo ele já estava me apertando dizendo que meu cú era apertaaaaaaado de mais e seu pau cresceu e largou um volume grande de porra, não entrou nem um terço daquele pedaço de musculo e o coroa já havia enchido a camisinha de leite, era tanto leite que escorreu pelas minhas pernas.

Podia sentir sua xoxota se contrair e apertar meu cacete de forma deliciosa, pude ouvir um gemido abafado, e eu prendia a respiração pra me manter em silencio.

E rimos bastante!!– E agora, como eu me levanto? Pode tratar de amarrar de novo o biquini!– Por mim, vc podia ficar assim… tá linda!Ela deu um sorriso gostoso, e ordenou:– Amarra, vai!Amarrei o biquini de volta morrendo de vontade de colocar as mãos naqueles seios gostosos.

O meu amigo beija a boca da minha esposa enquanto as suas mãos acariciam e apertam as nádegas dela. Comecei a massagear os seus grande labios, ela ja estava contando entre suspiros, estava tremendo… quando ela estava indo do 19 para o 20 eu enconstei a ponta do dedo indicador no seu clitoris! Minha gatinha sentiu tanto prazer que gemeu tao alto, com tanta vontade, que nao conseguiu me mandar parar! Ela se contorcia, gemia, gritava tao agudo que eu ja estava me contorcendo de tesao!Mas, certo dia, ou melhor noite, Carla me surpreendeu, após um período de longo jejum de sexo (25 dias) devido a um problema de coluna que tive, ela chegou e falou que me deixaria transar com outra, desde que a deixasse transar com outro.

Algumas raras vezes dormimos juntos: Quando fomos a um casamento de um primo no Rio de janeiro.

Ela provocou até me deixar de pau duro e depois saiu do mar me deixando lá só, esperei meu pau amolecer e sai também.