Nao Aguentou No Cuzinho Part2

visualizações

5 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

5 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Nao Aguentou No Cuzinho Part2

Nao Aguentou No Cuzinho Part2

Eu falei da uma viradinha ai Gabriel.

Ola a algum tempo venho lendo os contos deste site e sempre tive vontade de me relacionar com uma TS acabando que hoje não aguentou e realizei minha fantasia então vamos ao conto. Percebi que ela choramingava e disfarçou antes de responder boa noite.

Só enfatizou a necessidade de ela ser bem pontual, ele nunca se atrasava. Que tinham sido chupadas até gozarem, depois chupavam o pau até gozarem em suas bocas, metida na buceta, no cuzinho.

KkkkMarido: – Com você duvido que ele vai broxar. Eu gritava, mas o som não saia por causa a mordaça…meu marido se divertia….

Quando cheguei, vi, pela carinha dela que ela conseguira!Me abraçou, me beijou. – Comprei roupas novas para amanhã…– Não vamos brincar hoje… quero guardar minha porra pra vc engolir amanhã. E continuou sentindo o hímen apresentar resistência.

No começo eu tocava de leve o cuzinho dela com o dedinho,ficava ali curtindo em volta sentindo ele piscar, ela raramente olhava pra trás e quando olhava não dizia nada.

Achei que fosse a Loira, mas pra minha surpresa, era mais um cara.

Nós sempre é dormíamos juntos em call pelo Skype e finalmente a data da viagem chegou, final de dezembro do ano passado.

– Puta minha não pede por favor, – disse Luis – ela implora.

Então mandei que puxasse a calcinha pra cima, com força.

Depois de uma gozada gostosa continuamos tomando o vinho pelados dentro da piscina, e com certeza o segurança estava vendo tudo pois ele continuava passando lá. ELE ME DEU UM LENÇO PARA LIMPAR MINHA MÃO, DEVOLVI-O E FUI EMBORA.

Ele começou a tocar meu clitóris com mais urgência, eu sentia seu pau que pulsava no meu rabo, enquanto ele falava que estava quase gozando.

Mas, tadinho dele! Eu sabia que ele não tinha a menor chance com ela, pois ela era uma moça séria e ainda por cima ela estava noiva de um cara muito bonito.